domingo, 9 de novembro de 2014

Professor de Filosofia é demitido por defender ideias contra o comunismo.

Professor de Filosofia que lecionava na escola Bartolomeu Mitre, em Foz do Iguaçu, foi proibido de dar aulas porque se recusou a seguir a cartilha do PT, que nutre nas crianças e jovens ideias comunistas e repudiam a igreja, a família e as instituições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário